Villard

Villard é um caso a parte no Chile. Primeiramente é um pequeno produtor por opção, depois é um grande especialista em vinhos brancos e na caprichosa casta Pinot Noir, oriundos do fresco Valle de Casablanca. Seu Sauvignon Blanc Reserva Expresión foi o único penta-estrelado no “Guia de Vinhos Chilenos 2003/ 2004” e faz um estrondoso sucesso no mercado brasileiro. Os chardonnays, que fogem do estigma de “gordos, cheios de carvalho e sem frescor”, são uma lição de pureza, integridade e equilíbrio. Os Pinot Noirs, muito requintados e sem exageros de fruta em compota, são concebidos com baixos rendimentos no vinhedo. No clássico Valle del Maipo, Thierry Villard elabora um corte bordalês excepcional, o Equis, que é concentrado como deve ser um “premium” chileno, mas que impressiona a todos os críticos (como Patricio Tapia do “Guia Descorchados”) pela incomparável elegância.

Vinícola boutique criada em 1989, com vinhedos e vinícola no Valle de Casablanca. Uma das mais modernas vinícolas do Chile, combina a alta tecnologia com a vinicultura tradicional. O objetivo da empresa é de produzir apenas vinhos orientados à alta qualidade, logrados com baixa produção. O CEO e enólogo Thierry Villard é um dos líderes do movimento de internacionalização do Chile, pioneiro também na moderna enologia do país (raízes européias, visão do Novo Mundo).

O Valle de Casablanca está localizado a 80 km a oeste de Santiago e 35 km da costa, aos pés da Cordilheira da Costa, recebendo a influência direta das correntes frias do Pacífico. É reconhecida como a melhor região do Chile para castas brancas e para a Pinot Noir. O seu particular meso-clima prolonga o período de amadurecimento das uvas, devido às oscilações de temperatura trazidas pelas brisas marinhas.

De vinhedos localizados no Valle del Maipo vêm as uvas Cabernet Sauvignon e Merlot, empregadas inclusive no vinho “premium” Equis.

Os vinhos da Villard buscam o nicho dos entusiastas do vinho, oferecendo a máxima qualidade para preencher suas expectativas. Os vinhos são divididos em três níveis: Expresión (vinhos complexos que enfatizam o terroir e a variedade de uva), Esencia (vinhos que evoluem com a guarda em garrafa, e refletem o estilo pessoal de Thierry Villard) e o “premium” Equis, elaborado no Valle del Maipo.

Fonte: Decanter

Deixe uma resposta