Viña Polkura

Os enólogos e colegas Sven Bruchfeld e Gonzalo Muñoz iniciaram em 2002 o projeto de fazer um vinho excepcional com a uva Syrah, criando a Polkura (pedra amarela, na língua mapuche, fazendo referência à grande quantidade de granito amarelo presente nos solos argilosos da região). Conhecendo a fundo os vinhedos chilenos, escolheram a região de Marchigüe, no extremo ocidental do Vale de Colchagua, como ideal, por possuir maior altitude, clima mais fresco e solos pobres em encosta, conjunto que oferece condições ideais de maturação das uvas. Os vinhos têm concentração, mineralidade, elegância, estrutura e frutuosidade. O Block g+i é uma seleção de parte destes lotes de meia-encosta. A linha Aylin é produzida na região de Leyda, no Vale de San Antonio, a poucos quilômetros do Oceano Pacífico. O clima fresco e a influência marítima são ideais para a produção de Sauvignon Blanc e Pinot Noir. A dupla de enólogos imprime também nessa linha sua marca registrada: produzir vinhos em pequenas quantidades, que sejam o reflexo do terroir. Marchigüe tem um clima intermediário, nem tão frio como em Casablanca, nem tão quente como no centro de Colchagua. Os solos são argilo-calcários, com presença de grande quantidade de granito amarelo. Os vinhedos da Polkura estão nas encostas voltadas ao sul, mais frescas. Esse clima moderado agrega frutuosidade, resultando em um vinho harmonioso e elegante.

Deixe uma resposta